A crise de transportes que afecta a província de Maputo

A população moçambicana, em particular a da província de Maputo, vive uma batalha diária de uma guerra que parece não ter um fim à vista.
Logo pela madrugada, vê—se milhares de utentes a inundarem as paragens com objectivo de entrar na cidade de Maputo com destino aos seus locais de trabalho.

Os transportes públicos que uma vez eram solução, hoje não se pode dizer o mesmo. Devido a uma greve recente de trabalhadores que revindicam o pagamento de subsídios, algumas rotas ficaram paralisadas. Os prejuízos desta greve não são poucos. Na ausência do transporte público, temos situações de pessoas que chegam a usar seis “chapas” para chegarem aos seus destinos. Esse ainda é o início da batalha pois o mesmo cenario vive—se no momento de regressar a casa.

Uma das causas dessas enchentes é a concentração de empresas na capital do país e essa situação tende a crescer, pode—se ver pelo número de obras em vários pontos da cidade.

E a população questiona, afinal quando é que essa guerra terá fim?

Escrito por: Nacyr Saide

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Blog at WordPress.com.

Up ↑

%d bloggers like this: